Posso levar meu pet no transporte público?

Está cada vez mais fácil e comum levar nossos peludinhos para passear usando o transporte público,primeiro porque os locais pet friendly aumentaram e depois pela regra que entrou em vigor desde Janeiro 2019 permitindo o transporte de pet no metrô e CPTM.

A medida beneficia principalmente os tutores de pets menores, até 10 kg, que devem estar em caixas de transporte adequada. Mas a liberação não está restrita somente a cães e gatos! De acordo com o texto (Lei 16.930/2019), estão vetados apenas animais que podem oferecer perigo a outros passageiros, ou serem venenosos.

É importante também levar em consideração que essa nova permissão não vale para o horário do rush. Os usuários podem transportar seus pets das 4h40 até as 6h; das 10h às 16h e das 19h até meia-noite – de acordo com o governo paulista.

Em casos especiais, como por exemplo, se o pet tiver um procedimento cirúrgico agendado no horário de rush, o tutor terá a permissão para transporta-lo.  Para fazer a viagem, deverá ser apresentada uma solicitação em duas vias. O papel deve ser assinado pelo médico-veterinário responsável com horário, local, justificativa da intervenção e registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária. Uma via será entregue ao condutor do coletivo ou para os agentes de segurança em caso de trens e metrôs.

Ônibus de longa distância ou viagens particulares

No caso de ônibus de viagens de longa distância, a Lei 2251/98 da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres estabelece regras similares, contanto que os animais não permaneçam no corredor dos veículos.

Fonte: Portal Melhores Amigos

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *